17/10/2023 às 10h11min - Atualizada em 17/10/2023 às 10h11min

Bruno de Luca responderá por omissão de socorro a Kayky Brito

TJ/RJ acatou pedido do Ministério Público; Polícia do RJ já tinha decidido não indiciar o apresentador.

Migalhas
(Imagem: Reprodução)

O 9º JEC do TJ/RJ acolheu pedido do MP/RJ para que o apresentador Bruno de Luca responda por omissão de socorro no acidente sofrido pelo ator Kayky Brito, na Barra da Tijuca/RJ, em setembro. De acordo com o TJ, uma audiência especial deverá ser designada para o oferecimento de transação penal.

Em trecho do documento, divulgado pelo UOL, o promotor Márcio Almeida Ribeiro da Silva afirmou que De Luca foi o único que saiu do local do atropelamento "sem adotar qualquer providência para prestar socorro, nem mesmo saber que algum socorro ou solicitação havia sido feita".

O promotor também acusou o apresentador de não ter se importado em saber quanto às providências que deveriam ser tomadas para ajudar Brito. Além disso, afirmou que não é possível eximir De Luca da responsabilidade pelo crime previsto no art. 135 do CP.

Em nota, o advogado do apresentador, Rodrigo Brocchi, afirmou que "em momento algum Bruno De Luca pode ser acusado de omissão de socorro, já que várias pessoas estavam prestando o auxílio necessário, inclusive chamando os bombeiros. Bruno prestou todos os esclarecimentos, não por outra razão concluiu-se pela inexistência de qualquer ato impróprio".

Logo após acidente, em depoimento à polícia civil do Rio, Bruno de Luca afirmou ter visto o atropelamento, mas que só soube no dia seguinte que a vítima era o seu amigo. A polícia carioca havia decidido não indiciar De Luca, porém, com a intervenção do MP/RJ, houve uma reavaliação da situação, culminando na decisão judicial atual.

O acidente

O ator Kayky Brito, de 34 anos, ficou internado por 28 dias, após ser atropelado na madrugada do dia 2 de setembro, na Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O artista estava em um quiosque na orla, altura do posto 4, com o amigo Bruno De Luca, quando atravessou a pista para ir ao seu carro, do outro lado da via. Quando retornava, foi atropelado por um motorista de aplicativo, que seguia do Recreio dos Bandeirantes para a Barra, levando passageiros.

Imagens de segurança do quiosque mostram que o motorista parou o carro e ficou no local aguardando a chegada do Corpo de Bombeiros, que encaminhou o ator para o Miguel Couto. De Luca aparece levando as mãos à cabeça no momento do acidente, e em seguida, deixando o local.

Fonte: 
Migalhas

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp