11/10/2023 às 13h32min - Atualizada em 11/10/2023 às 13h32min

CE-Mulher promove blitz educativa de combate à violência contra a Mulher na próxima segunda-feira (16/10)

TJRN Notícias
imagem do CNJ

A Coordenaria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CE-Mulher), do TJRN, em parceria com a Sala Lilás da Assembleia Legislativa e o Sindicato dos Farmacêuticos do RN – SINFARN, promove, na segunda-feira (16/10), às 17 horas, uma blitz educativa de Combate à Violência contra a Mulher. Com panfletagem e entrega de cartazes, a ação acontecerá na Avenida Roberto Freire, em frente à Drogaria Globo, parceira nesta iniciativa, junto com o Conselho Regional de Farmácia – CRF/RN e o Conselho Federal de Farmácia – CFF.

O objetivo da ação é o repasse de informações sobre o Combate à Violência contra a Mulher para que as pessoas eventualmente atingidas por casos do tipo, ou com familiares nesta situação, saibam que podem fazer uso da marca “Sinal Vermelho” na mão, em ambientes como farmácias, bancos, cartórios, entre outros estabelecimentos. Com isso, a vítima é imediatamente atendida e encaminhada para atendimento ao caso.

A marca na palma da mão serve para sinalizar a violência doméstica e consiste em um sinal “X” feito com batom vermelho (ou qualquer outro material) na palma da mão ou em um pedaço de papel, o que for mais fácil e permitirá que um ou uma balconista, por exemplo, reconheça que aquela mulher é ou foi vítima de violência doméstica e, assim, promova o acionamento de uma equipe da Polícia Militar.

As blitzen educativas divulgando a Campanha do Sinal Vermelho vem sendo realizadas pela CE-Mulher desde o início da pandemia, momento em que aumentou significativamente a violência sofrida pelas mulheres dentro de casa. As ações de conscientização atendem a uma determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Isto porque a Campanha do Sinal Vermelho foi criada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), lançada em 2020 e é apoiada pelo Conselho Federal de Farmácia. Procurada por representantes do SINFARN, a CE-Mulher articulou junto com a Assembleia Legislativa a ação da próxima segunda-feira, com a sua equipe multidisciplinar atuando com a participação dos profissionais da área de Farmácia.

Fonte: TJRN Notícias


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp