29/08/2023 às 13h13min - Atualizada em 29/08/2023 às 13h13min

Operação da Polícia Federal investiga comércio de dinheiro falso em Mossoró

Acusados podem pegar até 12 anos de reclusão.

G1
Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (29) uma operação para investigar a falsificação e o comércio de dinheiro falso no município de Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte.

A operação Dinheiro Caro busca elementos para desvendar a materialidade e os autores do crime, além de buscar outros fatores que possam determinar novas investigações.

Até a atualização mais recente desta reportagem, a PF não havia informado se alguém havia sido preso durante a operação.

De acordo com a Polícia Federal, a investigação que culminou com essa operação teve início em março de 2023, a partir de uma fiscalização dos auditores da atual Secretaria da Fazenda do RN (Sefaz).

Na oportunidade, os auditores encontraram um objeto postal com cédulas de real falsificadas. Naquele momento, o órgão notou que o caso se tratava de mais uma atuação do crime de comércio de notas falsificadas que acontece pelos Correios.

A operação é para investigar a circulação do dinheiro falsificado em todo o Brasil, mas, nesse caso, com foco em Mossoró.

De acordo com a Polícia Federal, os suspeitos poderão responder pelo crime de moeda falsa, que prevê pena de até 12 anos de reclusão.

Fonte: G1


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp