13/06/2023 às 09h25min - Atualizada em 13/06/2023 às 09h25min

Perfil Acadêmico

Conheça os futuros profissionais do nosso sistema de justiça

PERFIL ACADÊMICO

 

Bem-vindos à coluna "Perfil Acadêmico", o espaço onde apresentamos aos leitores os futuros profissionais do nosso sistema de justiça. Nessa coluna, traremos entrevistas exclusivas com discentes das nossas universidades.

 

Através dessas entrevistas, conheceremos a história, as experiências e as perspectivas desses estudantes que decidiram abraçar as carreiras jurídicas. 

 

Hoje temos o prazer de entrevistar GUILHERME SOUZA, estudante do 4º período da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Com certeza, teremos muito o que aprender e descobrir nessa conversa.


Desde já, agradecemos à discente Sofia Oliveira Freire por sua colaboração especial na entrevista.
 

Vamos à entrevista...

 

GS - Sempre nutri um grande interesse pelas ciências humanas, e embora o Direito não tenha sido minha primeira opção no momento do ENEM, sem dúvidas despertou minha atenção devido à ampla gama de possibilidades em sua área de atuação.

 

O estudo do Direito oferece uma oportunidade única de compreender e interagir com os aspectos legais e sociais que regem a convivência humana. Desde os direitos fundamentais até as complexidades das relações jurídicas, essa disciplina engloba diversos campos de conhecimento, permitindo uma compreensão mais aprofundada da sociedade em que vivemos.

 

O fascínio pelo Direito foi se intensificando à medida que eu percebia sua influência direta na garantia e na proteção dos direitos individuais e coletivos. A possibilidade de contribuir para a justiça social e para a transformação da realidade por meio do conhecimento jurídico despertou em mim uma motivação especial.

 

Além disso, o Direito também oferece a oportunidade de atuar em áreas de grande relevância social, como direito penal, direito trabalhista, direitos humanos e muitas outras. A possibilidade de auxiliar pessoas, lidar com questões de justiça e promover mudanças positivas na sociedade são aspectos que me atraem profundamente.

 

Dessa forma, mesmo não sendo minha primeira escolha, o Direito se tornou uma paixão que decidi perseguir. Acredito que minha trajetória acadêmica e profissional nessa área me proporcionará uma base sólida para enfrentar os desafios e contribuir para um sistema de justiça mais justo e inclusivo.

 
GS - Ter uma formação crítica, ativa e libertadora é um dos meus principais objetivos no curso de Direito. Quero sempre me inspirar nos ensinamentos de Paulo Freire e fazer da minha educação uma força transformadora, tanto no âmbito social quanto pessoal.

GS - As áreas do Direito nas quais pretendo ter uma atuação mais marcante são o Trabalhista e o Direito Penal.

GS - As atividades extracurriculares das quais tenho me envolvido atualmente são diversas. Faço estágio no escritório de advocacia Hanna Diniz, onde trabalho com as áreas de Direito Trabalhista, Civil e do Consumidor. Além disso, tenho o papel de coordenador geral do Centro Acadêmico Rui Barbosa, entidade representativa dos estudantes de Direito da FAD/UERN. Também faço parte da diretoria de edição de texto da revista acadêmica Lampiar.

GS - Minhas expectativas em relação à formação em Direito são positivas. A UERN tem proporcionado uma formação que, além de rica em conhecimento, também é muito humana, o que considero essencial.

GS: No futuro, pretendo atuar de forma engajada em causas sociais que defendo e nas quais acredito fielmente. Além disso, tenho o objetivo de aprimorar meus conhecimentos através da realização de um mestrado e doutorado.

GS - As habilidades ou características que julgo possuir e que serão importantes para o meu futuro profissional são três: empatia, resiliência e habilidade em pesquisa.

GS - Atualmente estou no meu segundo estágio jurídico, atuando em um escritório ao lado de colegas estagiários e advogados. No entanto, meu primeiro estágio foi na Vara de Conciliação (CEJUSC). Lá, tive a oportunidade de atuar diretamente como conciliador judicial em audiências de conciliação nas áreas civil e de família.

GS - Essas experiências práticas me tornaram mais crítico e atento aos detalhes aos quais não dava importância anteriormente. Além disso, elas me ajudaram a desmistificar vários conceitos que antes me limitavam, tanto positivamente quanto negativamente.

GS - A pressão acadêmica é uma realidade comum entre a maioria dos estudantes atualmente, e reconheço a importância de estabelecer limites. Nesse sentido, a terapia se torna uma aliada valiosa e uma fonte de suporte para garantir o sucesso.

GS - É importante ter estratégias de organização para lidar com as demandas do curso. Para isso, utilizo calendários semanais que são atualizados de acordo com minhas necessidades. Utilizo diferentes ferramentas, como WhatsApp, Trello e Notion, para auxiliar nesse processo.

GS - Atualmente, estou totalmente imerso na área do Direito Civil, pois é minha principal área de atuação. No entanto, tenho o desejo de expandir meus horizontes e mergulhar de cabeça no Direito Penal e Trabalhista em um futuro próximo. Quero ampliar minha expertise e explorar novas oportunidades nessas áreas específicas.

GS - Meu interesse nessas áreas está profundamente ligado às minhas convicções. A luta de classes, a busca pela emancipação da classe trabalhadora e a perspectiva antipunitivista no âmbito criminal são temas que me despertam grande interesse. Acredito que essas áreas do direito podem contribuir significativamente para a construção de um diálogo mais crítico e transformador. Acredito que posso desempenhar um papel significativo na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

 

GS - Em certos aspectos, o Direito desempenha um papel relevante, especialmente em litígios cíveis ou familiares, nos quais busca-se solucionar conflitos e garantir direitos. No entanto, quando se trata do âmbito penal, é necessário reconhecer que existem desafios e oportunidades de melhoria. É preciso promover mudanças tanto nas estruturas dos órgãos jurídicos quanto na formação dos futuros profissionais do Direito.

 

Para que o sistema penal seja mais efetivo e justo, é fundamental repensar e atualizar as abordagens adotadas, buscando alternativas à punição excessiva e privilegiando medidas de ressocialização. Além disso, é necessário que os profissionais do Direito sejam capacitados a compreender as complexidades sociais e históricas que envolvem o sistema penal, a fim de aplicar o direito de forma mais sensível e humanizada.

 

É imprescindível também que as instituições jurídicas incentivem a diversidade e a inclusão em seus quadros, a fim de garantir uma representação mais ampla e uma visão mais abrangente na tomada de decisões. Somente assim poderemos promover mudanças significativas e construir um sistema penal mais justo, respeitando os direitos humanos e buscando a transformação social.

 

GS - Enfim, as minhas motivações têm raízes na vontade de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária em um futuro próximo. Acredito que o Direito, quando utilizado de forma consciente e ética, pode ser uma ferramenta essencial nessa luta.

 

Através do estudo e da prática do Direito, tenho a convicção de que podemos promover mudanças significativas, tanto em nível individual como coletivo. Através da defesa dos direitos humanos, da igualdade de gênero, da inclusão social e da busca por soluções pacíficas para os conflitos, podemos contribuir para uma sociedade mais harmoniosa e justa.

 

É importante destacar que essa luta não é fácil e requer esforço contínuo. É preciso estar aberto ao aprendizado, acompanhar as transformações sociais e jurídicas, e buscar sempre aprimorar os conhecimentos e habilidades. Além disso, é fundamental trabalhar em conjunto com outras áreas e profissionais, buscando soluções integradas para os desafios enfrentados pela nossa sociedade.

 

Tenho plena consciência de que a jornada não será simples, mas acredito no potencial do Direito como uma ferramenta de transformação. Estou comprometido em utilizar meus conhecimentos e habilidades para contribuir para uma sociedade mais justa, inclusiva e igualitária, e tenho esperança de que, juntos, podemos construir um futuro melhor para todos.


GUILHERME SOUZA
[email protected]

O Portal Jurídico agradece sinceramente ao entrevistado por compartilhar suas experiências e perspectivas conosco. Foi uma entrevista inspiradora e enriquecedora, que certamente irá contribuir para o conhecimento e reflexão de nossos leitores.

 

Desejamos ao entrevistado sucesso em sua carreira acadêmica e profissional. Que seus esforços e dedicação sejam recompensados, permitindo-lhe alcançar seus objetivos e contribuir de forma significativa para a área jurídica e para a sociedade.

 

Agradecemos novamente por sua participação e desejamos a você um futuro brilhante e promissor. Estamos aqui para apoiá-lo em sua jornada e acompanhar seus sucessos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp