10/01/2023 às 11h43min - Atualizada em 10/01/2023 às 11h43min

Advogados oferecem serviços a R$ 1 mil reais em Brasília

Número elevado de extremistas presos provoca verdadeiro "feirão de advogados" no QG da Polícia Federal após ataques na capital federal

Número elevado de presos provocou "feirão de advogados" em Brasília (Crédito: Fernando Frazão)
O expressivo número de 1,2 mil pessoas presas e conduzidas à Polícia Federal após os ataques terroristas que depredaram as sedes do Supremo Tribunal Federal (STF), do Congresso Nacional e o Palácio do Planalto provocaram um fenômeno curioso em Brasília. Por conta da numerosa clientela uma multidão de advogados foi até o local em que os extremistas estavam detidos e promoveram um verdadeiro “feirão de defesa”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
 
Conforme o periódico, nos corredores da Polícia Federal, advogados começaram a chamar pessoas, tentando agrupá-las por cidades ou estados para oferecer seus serviços. “Quem aqui é de Brasília e região?”, gritava um advogado.
 
Os extremistas ficaram espantados ao serem informados que estavam detidos e que seriam encaminhados para o Complexo Penitenciário da Papuda.
 
“Eu preciso que, agora, vocês se atenham à prisão. Vocês têm advogados? Já constituíram advogados?” questionava outro, pedindo que uma assistente anotasse o nome dos potenciais clientes.
 
Um dos advogados chegou a oferecer seus serviços por R$ 1 mil para o acompanhamento da oitiva e por solicitação de audiência de custódia. A Polícia Federal tem organizado o atendimento judicial aos grupos e a quem tiver interesse.



Com informações de O Estado de São Paulo

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp