16/12/2022 às 19h06min - Atualizada em 16/12/2022 às 19h06min

TST empossa Liana Chaib como nova ministra da Corte Trabalhista

Ela passa a ocupar a vaga do ministro Renato de Lacerda Paiva, que se aposentou em setembro deste ano

Ministra Liana Chaib ocupará vaga do ministro Renato de Lacerda Paiva, que se aposentou em setembro deste ano (Divulgação)
O Tribunal Superior do Trabalho (TST) realizou, nesta sexta-feira (16), a sessão solene de posse da ministra Liana Chaib. A cerimônia foi realizada no edifício-sede do Tribunal, em Brasília. Com ela, o Tribunal passa a contar com sete ministras.
 
Para o presidente do TST, ministro Lelio Bentes Corrêa, o Tribunal só tem a ganhar com o conhecimento jurídico da nova ministra e do “seu comprometimento irrestrito” com a prestação jurisdicional.
 
“A presença feminina na magistratura trabalhista vem ao encontro dos objetivos estratégicos do Poder Judiciário ao implementar o protocolo de julgamento com perspectiva de gênero”, afirmou. Já temos sete ministras aqui no TST, duas delas nordestinas, e esperamos que essa representatividade seja incrementada ainda mais no futuro”, disse.
 
Ministra Liana Chaib
 
A ministra, oriunda do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (PI), foi empossada em vaga destinada à magistratura trabalhista, anteriormente ocupada pelo ministro Renato de Lacerda Paiva, que se aposentou em setembro deste ano.
 

“Chego ao TST para representar não apenas o Nordeste, mas o Piauí, que tem um Tribunal do Trabalho muito operoso e que conseguiu o Selo Diamante do CNJ. Hoje é o coroamento de 32 anos de carreira. É um momento grandioso para mim. Espero poder contribuir aqui no TST com o meu trabalho”, destacou a nova ministra.

 
Também estiveram presentes à posse a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, a vice-procuradora-geral da República, Lindôra Maria Araújo, a subprocuradora-geral do trabalho, Ileana Neiva Mousinho, o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, José Ribamar Oliveira, e o advogado Marcus Vinicius Furtado Coelho, representando o Conselho Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
 
Currículo

A ministra Liana Chaib ingressou na magistratura do trabalho em maio de 1990, como juíza do trabalho substituta no TRT da 22ª Região (PI). Em dezembro de 1990, tornou-se presidente da 3ª Junta de Conciliação e Julgamento (atual Vara do Trabalho) de Teresina e, em junho de 2001, foi promovida, por merecimento, a desembargadora do TRT, onde ocupou os cargos de vice-presidente e corregedora-regional (2012/2014) e de presidente (2004/2006 e 2018/2020).
 
Liana Chaib é doutora em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza e mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal do Ceará, em convênio com a Universidade do Piauí. Ela ocupa a cadeira de número 21 da Academia Piauiense de Letras Jurídicas e é professora de Direito Administrativo da Universidade Estadual do Piauí desde 1988.



Com informações do Tribunal Superior do Trabalho
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp