30/04/2022 às 15h36min - Atualizada em 02/05/2022 às 00h01min

São Paulo promove Dia D de vacinação contra a gripe e o sarampo

A meta do governo paulista é vacinar 95% do público infantil, população estimada em 12,9 milhões de pessoas. As vacinas da gripe e do sarampo podem ser tomadas no mesmo dia.

SALA DA NOTÍCIA Agência Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-04/sao-paulo-promove-dia-d-de-vacinacao-contra-gripe-e-o-sarampo

Mais de 3,2 mil postos de vacinação estão abertos hoje (30) nos 645 municípios do estado de São Paulo para a campanha de vacinação contra a gripe e o sarampo. O objetivo é vacinar crianças de 6 meses a 5 anos de idade e idosos.



Para reforçar a campanha, um posto volante foi montado pela prefeitura e pelo governo estadual no Museu Catavento, na capital paulista. O museu costuma receber muitas crianças, especialmente aos sábados.



A meta do governo de São Paulo é vacinar 95% do público infantil, população estimada em 12,9 milhões de pessoas. Além da vacina contra o sarampo e da gripe, os postos de saúde estarão preparados para atualizar a carteira de vacinação dessas crianças.



As vacinas da gripe e do sarampo podem ser tomadas no mesmo dia. A pequena Rebeca, de 4 anos, filha de Andrea Miranda, 38 anos, foi levada pela mãe a um posto da cidade de São Paulo para tomar as duas vacinas simultaneamente. Sorridente, Rebeca contou à reportagem da Agência Brasil que foi corajosa ao tomar os dois imunizantes. “Eu não chorei”, disse.



“Ela é nervosa. Chegou chorando muito. Mas na hora da vacina ela ficou bem calminha e não chorou. Ela disse que foi engraçado e ficou sorrindo e falou que iria contar para todo mundo que foi tranquilo”, disse Andrea. “Ela tomou a vacina do sarampo e da gripe. É para o desenvolvimento dela e proteção. Temos que estar sempre com cuidado e de olho na carteirinha para que ela fique bem. Queremos o melhor para os nossos filhos”, disse a mãe de Rebeca.



Andrea ressaltou que vacinas protegem. “Ultimamente estão falando que está tendo surto de doenças e a gente tem que ter essa precaução com nossos filhos”, reforçou.



Segundo o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Luiz Carlos Zamarco, é importante que pais de crianças maiores de 6 meses e menores de 2 anos levem seus filhos para tomar a vacina contra o sarampo. “A vacina contra o sarampo é a tríplice viral. Ela protege contra três doenças: sarampo, rubéola e caxumba. A criança [dessa faixa etária] não tem o sistema imunológico completo. Então, com a vacinação, ela vai desenvolver anticorpos e não vai desenvolver formas graves de doenças respiratórias”, disse.



“É muito importante que crianças de 6 meses a 5 anos possam ir nas nossas UBSs [unidades Básica de Saúde] e atualizem a carteira de vacinação. São 16 vacinas que abrangem 20 doenças, mas quero fazer um destaque especial e importante: gripe e sarampo. Em 2019, tivemos 9 mil casos de sarampo no Brasil e, em 2021, 9 mil casos só no estado de São Paulo. E neste ano de 2022 já identificamos um caso de sarampo na cidade de São Paulo. O sarampo é uma doença que tem uma transmissibilidade maior do que a covid-19. Então é importante que as crianças de 6 meses a 5 anos atualizem sua vacinação”, disse Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo.



Ele destacou que é importante que as crianças tomem também a vacina da gripe. “Estamos com número bastante elevado de casos de gripe em crianças. Temos uma ocupação de 85% de nossas UTIs (unidades de terapia intensiva) e enfermarias infantis por conta da gripe”, disse.



As crianças que não puderem ser levadas a um posto de vacinação neste sábado, podem tomar a vacina da gripe e do sarampo a partir de segunda-feira (2).



Idosos



Além das crianças, os postos estão abertos para aplicar a vacina da gripe em idosos e profissionais da área de saúde.



A vacina contra a Influenza (gripe) é trivalente e composta pelos vírus H1N1, a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin, que causou o surto de gripe no final do ano passado.




Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp